quinta-feira, 15 de dezembro de 2011





Que sentimento é esse 
Que atravessa a minha alma
Que suga de mim dores profundas
Que faz transparecer a minha lucidez
Que faz nascer flores no deserto
Que tira o valor do diamante
Que faz valer o instante
Que esfria o sol e aquece a lua
Que faz do silêncio a mais bela música
Que tudo espera, mas nada tem
Aceita sem saber de onde vem
Que faz da certeza algo incerto
Que se deixa levar pelas águas do mar
E quando volta,
Seu medo já é coragem
Seu sonho, realidade
A lembrança, saudade
O momento, eternidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário